ESPBS participou no Twinner Talks – reunião transnacional do projeto “Our city, a better city”

 

No dia 11 de março, decorreu a atividade “Twinner Talks”, a última reunião transnacional do projeto eTwinning “Our city, a better city”.

Este encontro foi o culminar de uma série de atividades pedagógicas que, articuladas, constituem um pequeno estudo de caso sobre sustentabilidade nas quatro cidades envolvidas: Erice, na Sicília, Monselice, na região de Veneto, ambas italianas, Serdivan, na Turquia, e a nossa vila de Joane, enquadrada no seu município.

Este encontro, com 75 participantes, constituiu um painel, onde alguns alunos apresentaram as conclusões das suas pesquisas, apresentando os pontos fortes e fracos no que diz respeito a qualidade de vida e sustentabilidade nas suas cidades. Nesta primeira parte, participaram os alunos Filipa, Mariana e José Pedro, do 11.º G. Na segunda parte, os alunos, após trabalho em equipas transnacionais, fizeram uma apresentação, também transnacional, de recomendações e sugestões de melhoria, a cada uma das cidades, face aos pontos negativos encontrados. Neste segundo painel, participaram os alunos do 11.ºF, Ivânia, Rúben Dias, Paulo, Letícia e Ana Sofia.

A reunião foi preparada com muitas atividades em aula, muito trabalho colaborativo, e exigiu, nos dias que a antecederam, algumas reuniões de preparação, de forma a assegurar a qualidade exigida, não só em termos de apresentação de informação, mas igualmente de interação. Nos bastidores, sentiu-se a adrenalina da preparação, das decisões de última hora e do encontro criativo de soluções!

Esta atividade, talvez a mais complexa de todo o projeto, resultou da observação in loco das nossas cidades, das entrevistas às autoridades locais e da discussão e debate de ideias. Assim se foi fazendo o estudo de caso a que nos propusemos e cujos objetivos estão a ser atingidos. Não estando ainda terminado, este projeto tem vindo a permitir aos alunos a recolha de informação relevante, a sua seleção e síntese, o desenvolvimento de literacias específicas, o pensamento crítico e criativo, e sobretudo a sua competência intercultural.


Email