Mobilidade Erasmus+ | Itália

Docentes participaram em mobilidade Erasmus+, em Itália

No âmbito do programa Erasmus+ key action (KA1), Projeto n.º: 2021-1-PT01-KA121-SCH-000010601, um grupo constituído por dois professores de Educação Física e outro de Filosofia, participaram, em Florença, num curso sobre “There is an App for That! Exploring the Best Apps for Teaching and Student Learning”, durante a semana de 2 a 7 de maio.

Tatiana Speri foi a formadora que nos acompanhou e desafiou nesta aventura de aquisição de competências ao nível das novas tecnologias direcionadas para a formação e educação. A partir dos objetivos propostos fomos incentivados a conhecer novas Aplicações Informáticas Educativas e/ou Apps; a utilizá-las em sala de aula; a estimular a criatividade dos alunos e aprimorar as técnicas de estudo por meio da utilização deste tipo de aplicativos.

Após a apresentações dos formandos, das escolas dos participantes e das cidades onde residiam, no nosso caso, de Braga, Guimarães e Vila Nova de Famalicão, das quais destacamos a sua localização, aspetos culturais, gastronómicos e turísticos, seguiram-se as atividades de trabalho a pares e em grupo, a apresentação dos aplicativos propostos para professores, bem como a reflexão e perguntas sobre a sua utilização.

Este curso potenciou, igualmente, a troca de experiências profissionais com colegas de países tão diferentes como Espanha, Chipre, Sérvia, Alemanha e outros compatriotas nossos de uma escola de Cascais. Poder comparar os seus sistemas educativos, as práticas educativas (potencialidades e fragilidades) e eixos de intervenção nas diferentes realidades foram uma mais-valia a ter em consideração.

A visita contribuiu também para o nosso enriquecimento cultural, já que todos os dias partíamos à descoberta desta cativante cidade, dos seus monumentos históricos, museus, jardins e gastronomia. Ainda no âmbito do curso usufruímos de diversas atividades culturais, entre as quais uma visita guiada na cidade de Florença e de outra visita de um dia a algumas das cidades património da Toscana, tais como, a urbe medieval de San Gimignano, e das renascentistas Siena e Pisa, e visita à região de Chianti, onde na Quinta Agrícola Poggio ai Laghi, Via Sant'antonio, em Poggibonsi, pudemos visitar as caves e fazer uma degustação de vinhos, para depois visitar a fortificação de Pisa e as suas obras arquitetónicas e pinturas renascentistas, bem como a célebre inclinada Torre de Pisa.

Por todas as razões apresentadas, o nosso percurso pessoal e profissional ficará marcado por esta mobilidade e andanças, já que “o destino final não é o mais importante, mas sim a jornada!”.

Em suma, no terminus desta viagem reconhecemos que só uma aprendizagem transformadora nos poderá desafiar para futuras e profícuas experiências, e, tal como Cícero, reconhecer que “O prazer dos banquetes não está na abundância dos pratos, mas na reunião dos amigos e na conversação”.

Os docentes: Cristina Ribeiro, Filipe Marques e Francisco Costa

erasmus florenca1 erasmus florenca2

Missão

O Agrupamento de Escolas de Padre Benjamim Salgado ambiciona contribuir para impulsionar um modelo pedagógico ajustado às necessidades e interesses dos seus alunos, sendo capaz de responder aos anseios da comunidade envolvente e às exigências do mundo atual e, assim, preparar e qualificar os seus alunos para ingressarem na vida ativa ou para prosseguirem os seus estudos, munindo-os de capacidades que garantam a sua empregabilidade e a aprendizagem ao longo da vida.

Visão

O Agrupamento de Escolas de Padre Benjamim Salgado trabalhará para ser reconhecido como organização de referência nas relações com a comunidade onde se insere, no combate ao insucesso e ao abandono escolar e na promoção de uma cultura de esforço e exigência, de valores e de princípios de justiça, igualdade, transparência, respeito pela diferença e solidariedade.