No passado dia 9 de fevereiro realizou-se em Joane a II Jornada do Campeonato Regional Norte de Orientação do Desporto Escolar em simultâneo com a 1ª Etapa do Circuito Regional da Galiza e Norte de Portugal.

Pelo terceiro ano consecutivo, a organização do evento esteve a cargo do Agrupamento de Escolas de Padre Benjamim Salgado em parceria com o Clube de Orientação do Minho e com o apoio da Junta de Freguesia de Joane e da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.

Este evento contou com a participação de 554 atletas portugueses, espanhóis e bielorrussos. Relativamente ao Desporto Escolar estiveram representadas 28 escolas de toda a região norte. 

No que concerne aos resultados, o AEPBS classificou-se em primeiro lugar coletivo por escolas. Em termos individuais, os nossos alunos conquistaram 7 pódios. 

O evento contou ainda com a presença dos Presidentes da Federação Portuguesa de Orientação e da Junta de Freguesia de Joane bem como do Vereador do Desporto da Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão.

 

 

 

 

 

 

De acordo com a sua visão, valores e missão, a Loja Social Double Way alargou o seu âmbito e associou-se à causa da Associação Humanitave no que concerne ao auxílio das crianças guineenses em idade escolar.

Assim, na semana de 14 a 18 de janeiro, o grupo de alunas desta Prova de Aptidão Profissional (PAP) do Curso Profissional Técnico Auxiliar de Saúde estendeu o convite a toda a comunidade educativa e procedeu à angariação de material escolar (cadernos A5, canetas, lápis, borrachas e afias) a fim de se construírem kits com o intuito de serem enviados para a Guiné Bissau.

A adesão da comunidade educativa foi muito importante devendo realçar-se o contributo mais evidente dos alunos de 1º Ciclo das Escolas Básicas de Joane e de Boca de Monte. Estes alunos, sensibilizados para as discrepâncias do acesso à educação nos diferentes locais do mundo e enaltecendo um dos direitos da criança, doaram em grande volume o material necessário para a constituição dos kits e outro (mochilas, estojos, marcadores, lápis de cor, lápis de cera, tesouras, livros, etc.).

Neste sentido, esta iniciativa foi um êxito na medida em que se acredita que irá melhorar a aprendizagem daquelas crianças guineenses e, quiçá, o seu futuro!

 

 

 

 

 

A EB de Estalagem deu mais um passo importante na sua caminhada em prol de Ambiente e, no passado dia 29 de janeiro, realizou o seu primeiro Eco-conselho, estando presentes vários parceiros e alunos.

Da partilha de ideias e experiências surgiram algumas sugestões a colocar no Plano de Ação e que se espera passar para a prática em breve.

Agradecemos, desta forma, a presença de todos e esperamos a adesão de toda a comunidade  às iniciativas que forem sendo lançadas pela escola.

 

 

 

 

 

No passado dia 23 de janeiro, os alunos da turma do 1ºM, do Curso Profissional de Técnico de Multimédia (CPTM), entrevistaram duas personalidades de Joane, na Casa da Juventude, em Famalicão.

Em resposta ao desafio lançado pela Casa da Juventude de Famalicão, no âmbito da atividade "Fórum Jovens e os Media 2019", os alunos da turma M, do primeiro ano de Multimédia foram jornalistas por algumas horas e entrevistaram o Presidente da Junta de Freguesia de Joane, António Oliveira, na Rádio Digital FM e o Diretor do AEPBS, Alfredo Mendes, na Fama TV.

Com o objetivo de saber um pouco mais sobre estas duas importantes referências para a vila de Joane, os alunos prepararam e conduziram as entrevistas, que, sob a orientação das professoras de Área de Integração e de Português da turma, decorreram num ambiente que primou pela descontração e boa disposição, quer dos entrevistados quer dos entrevistadores, destacando-se, ainda o profissionalismo de todos os envolvidos.

 Assim, através das duas entrevistas, foi possível conhecer melhor os dois entrevistados que, generosamente, partilharam momentos marcantes da sua vida escolar assim como profissional, dando a conhecer, ainda, os inúmeros desafios com os quais se deparam diariamente e os sonhos que procuram concretizar. Ao longo das entrevistas, os alunos aproveitaram para deixar algumas sugestões aos convidados.

Depois das entrevistas, surgiu inesperadamente a oportunidade de visitar os restantes espaços pertencentes às instalações da Casa da Juventude. Os alunos foram informados de que estes espaços estão à disposição de todos aqueles que deles quiserem usufruir.

Esta experiência na Radio e TV foi uma ótima oportunidade para complementar a formação dos alunos e, quem sabe, abrir uma porta para o seu futuro profissional.

 

 

 

 

Decorreu nos dias 21 a 29 de janeiro, nas 14 turmas do 10º da ESPBS, no âmbito do Projeto de Promoção e Educação para a Saúde, sessões de sensibilização dos jovens para o Saber Beber. A atividade foi dinamizada pelas parceiras de Saúde Escolar: Enfermeira Arminda Azevedo, Enfermeira Lurdes e Dr. Daniel Dias, e teve por objetivo educar e informar os alunos para a importância do serem jovens adultos e cidadãos responsáveis face ao consumo de bebidas alcoólicas.

Foi utilizada uma metodologia interativa e motivadora, tendo como ponto de partida os conhecimentos e as vivências dos alunos e dos palestrantes. Estes testemunharam situações degradantes do ser humano face ao consumo de álcool, por si vivenciadas quer no seu tempo de estudante, quer como profissionais de saúde. Os alunos foram elucidados acerca das consequências físicas, psíquicas e sociais do uso prematuro e abusivo das bebidas alcoólicas. Entre elas, a dependência, como forma de obtenção momentânea de prazer e de alegria, acarretando consequências maléficas com repercussões a curto prazo e ao longo da vida. Entre as consequências foram referidos, a perda de consciência responsável por estados inanimados e prostrados, a sinistralidade rodoviária, os abusos sexuais colaborantes e o consumo indesejado de estufacientes em locais de divertimento.

Os jovens foram alertados para o facto de serem os adultos da sociedade futura e que esta será promissora se eles se afirmarem pela positiva, não imitando as más atitudes dos adultos atuais, no que diz respeito à dependência em relação a substâncias psicoativas e outras adições sem substância. Ficaram ainda a saber que o homem, como ser vivo saudável, está dependente do meio ambiente, em termos de ar, água e amor. Acrescentaram ainda a importância do respeito pela satisfação das necessidades de dormir, enfatizando as condições ambientais imprescindíveis à satisfação do sono. Foi demonstrada ainda a importância do recurso à respiração e ao consumo de água como forma de relaxamento em momentos de tensão e de ansiedade, preservando a saúde mental.

Espera-se que esta intervenção dote os alunos de compentências nesta temática para que as mesmas tenham repercussões positivas na saúde mental da sociedade futura.

 

 

 

No passado dia 2 de fevereiro, a Oficina Ler Jovem 14/20 (projeto do Plano Nacional de Leitura) promoveu a Caminhada a Ler, a propósito da comemoração do Dia Mundial da Leitura em Voz Alta. A atividade mobilizou as famílias do Agrupamento de Escolas de Padre Benjamim Salgado, tendo contado com 64 participantes, de várias gerações, e alunos do 1.º ciclo ao 12.º ano de escolaridade. 

Com inegável impacto na comunidade educativa, os participantes começaram por visitar o Museu Casa de Camilo e, depois, tiveram oportunidade de calcorrear o trilho da Cangosta do Estêvão, por entre a natureza e o rio Pele, desde Seide S. Miguel ao Mosteiro de Landim, o que fez reviver a história do séc. XIX, em torno da figura do grande escritor português Camilo Castelo Branco. O entusiasmo contagiante que tocou todos no museu e no trilho face à biografia e à mestria literária camilianas repercutiu-se na comunidade local, pelo testemunho dos participantes, claramente seduzidos pela palavra deste grande escritor português. 

A visita ao museu e a caminhada foram marcadas por leituras que congregaram e aproximaram efetiva e afetivamente as famílias que foram tocadas pelo fascínio inerente a este relevante vulto literário nacional, graças aos excecionais acompanhantes da atividade, ligados ao Centro de Estudos Camilianos e ao Museu da Casa de Camilo.

É, pois, de realçar a organização exemplar da caminhada, por parte dos Serviços Educativos do Centro de Estudos Camilianos, tendo sido para a Oficina Ler Jovem 14/20 um prazer promover este evento, promoção essa que também contou com o apoio da Direção do AEPBS e do Teatro da Didascália. 

Esclareça-se que esta oficina é protagonizada pelos alunos da OLE (Oficina de Leituras Encenadas) do Agrupamento e acrescente-se que o vídeo referente à caminhada consta da plataforma do projeto: http://aepbs.net/olj1420/.

 

 

 

 

 

Escola Saudável - nível intermédio

Apresentação do AEPBS